O blog mais diversificado, tanto em cores quanto em informações.







Curta bastante.



sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Energia Hídrica


       É a energia proveniente do movimento das águas. Ela é produzida por meio do
aproveitamento do potencial hidráulico existente num rio, utilizando desníveis
naturais, como quedas de água, ou artificiais, produzidos pelo desvio do curso
original do rio.
         Normalmente controem-se diques que represam o curso da água, acumulando-a num reservatório a que se chama barragem. Esse tipo de usina hidráulica é denominado Usina com reservatório de Acumulação. Em outros casos, existem diques que não param o curso natural da água, mas a obrigam a passar pela turbina de forma a produzir eletricidade, denominando-se Usinas a Fio de Água. Quando se abrem as comportas da barragem, a água presa passa pelas lâminas da turbina fazendo-a girar. A partir do movimento de rotação da turbina o processo repete-se, ou seja, o gerador ligado à turbina transforma a energia mecânica em eletricidade. 
        Não polui o meio ambiente. É de baixo custo de produção A energia hidrelétrica pode ser considerada limpa por não produzir poluentes. No entanto, a construção de barragens para sua geração costuma causar enormes impactos ambientais. Pode provocar deslocamento de populações (existem vários exemplos, como a hidrelétrica de Sobradinho), inundações de florestas (Tucurui, inaugurada em 1984, inundou uma floresta com área correspondente a duas vezes a Baía de Guanabara) ou destruição de patrimônios históricos e belezas naturais de valor incalculável (como Itaipu, que encobriu as Sete Quedas). Além disso, nos lagos das barragens, a taxa de evaporação de água é maior que nos rios, provocando impactos climáticos locais e eventual carência de água no curso do rio, abaixo da barragem. E tem um baixíssimo custo de produção.
        O Brasil é um dos países que mais utiliza energia hidráulica. Embora a hidrelétrica cause impactos no momento da construção, é uma fonte que funciona de forma pouco agressiva.
     As características físicas e geográficas do Brasil foram determinadas para implantação de um parque gerador de energia elétrica de base predominantemente hídrica.O Brasil é um país privilegiado em recursos hídricos, e altamente dependentes da energia hídrica, cerca de 95% da energia elétrica brasileira provém de rios. O Brasil detém 15% das reservas mundiais de água doce disponível, porém só utiliza um quarto de seu potencial. E para alcançar a totalidade do potencial hídrico, seria necessário explorar o potencial da Amazônia. A energia de origem hídrica é hoje a segunda maior fonte de eletricidade do mundo.
       Os maiores consumidores mundiais foram China (482,9 Twh, volume 10,8% superior ao do ano anterior e correspondente a 15,4% no ranking mundial), Brasil (371,5 Twh, aumento de 6,5% sobre 2006 e 11,9% do total) e Canadá (368,2 Twh sobre 2006). Segundo a agência IEA, os dez países mais dependentes da hidroeletricidade em 2006 eram pela ordem: Noruega, Brasil, Venezuela, Canadá, Suécia, Rússia, Índia, República popular da China, Japão e Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário